Conheça mais sobre o curso

Curso Profissional Cuidador de Idoso Online

EAD com Provas Presenciais na Unidade

Faça seu curso 100% online e seja um profissional com CERTIFICAÇÃO RECONHECIDA em todo território nacional.

POR  1 + 3 de R$197.5

POR  1 + 3 de R$98.75

Minuto(s)
Segundo(s)
Minuto(s)
Segundo(s)

Já está decidido? Clique no botão abaixo e comece estudar agora mesmo!

Curso Profissional Cuidador de Idoso

Sobre o curso

O Curso Cuidador de Idoso, é voltado para ensinar técnicas de cuidado, administração de medicamentos, prevenção de quedas e outras situações de emergência, além de ensinar sobre as necessidades específicas dos idosos e como trabalhar com eles de forma ética e respeitosa.

O Profissional do Curso Cuidador de Idoso deve estar comprometido com o cuidado e atenção à saúde dos idosos, participando de sua rotina para favorecer a independência do idoso. O cuidador não deve ser a pessoa que faz tudo para o idoso, mas a pessoa que, ao longo do dia, oferece suporte e encoraja o idoso a realizar suas tarefas na busca da autonomia.

Além de cuidados com a saúde corporal do idoso (higiene, alimentação e medicação), o cuidador deve oferecer suporte e atenção à saúde mental do idoso para garantir o bem estar social e a qualidade de vida, através da escuta, da conversa, do carinho, da companhia e, acima de tudo, do profissionalismo.

COMO É SER UM CUIDADOR DE IDOSOS
Ser um cuidador de idosos é honroso e satisfatório! O trabalho de um cuidador é proporcionar o bem estar a alguém que necessita de atenção especial e isso é muito respeitável.

Embora a profissão seja muito gratificante, há momentos em que o estresse, o cansaço, a frustração, a irritação e o nervosismo podem surgir, mas isso acontece para todas as profissões que escolhermos.

Quando se escolhe ser um cuidador, é necessário formação e treinamento para impedir que os sentimentos negativos atrapalhem o trabalho e prejudiquem a saúde de quem estamos cuidando!

Pré-requisito

  • Maior de 18 anos
  • Escolaridade Ensino Básico

Mercado de Trabalho

Este profissional trabalhará em hospitais, ONG's, clínicas, casas de apoio e repouso, centros de saúde, na gestão, educação, lazer, orientação em saúde, prevenção de doenças, prestando atendimento domiciliar e também na área de pesquisa.

Não existe um piso salarial para a profissão de cuidador de idosos e isso prejudica o profissional na hora de ser contratado, pois como ainda não é uma profissão regulamentada, e sim uma ocupação profissional, o cuidador se enquadra na categoria de empregados domésticos.

De acordo com pesquisa realizada pelo site Guia da Carreira, a média salarial de um cuidador de idosos é de R$ 1.198,00. O valor é muito baixo para um profissional com a responsabilidade de cuidar da saúde e da vida de um idoso.

A pesquisa aponta ainda que empresas especializadas oferecem remuneração melhor, sendo possível encontrar salários na média de R$ 1.500,00, dependendo do porte da empresa.

Na Personale Cuidador, empresa com mais de 24 anos de atuação em Porto Alegre, a remuneração média de um cuidador de idosos é R$ 1.888,00, com possibilidade de ganhos de R$ 3.500,00 mensais.

Outro aspecto positivo nas empresas especializadas, como a Personale Cuidador, é que o profissional tem respaldo e proteção para realizar seu trabalho de forma tranquila e segura, com a supervisão de enfermeiros especialistas 24 horas para dar suporte.

ATRIBUIÇÕES DO CUIDADOR DE IDOSO

As atribuições do profissional cuidador de idosos é um tema muito debatido e traz uma série de questionamentos em decorrência da falta de formalização da profissão. Como o cuidador de idosos ainda se enquadra na categoria de empregados domésticos, muitas pessoas que contratam cuidadores têm o entendimento de que estes profissionais devem cuidar, além do idoso, da casa também.

No entanto, é fundamental ter em mente que o cuidador de idosos é um profissional de saúde que atua no ambiente doméstico. Portanto, suas atribuições ficam restritas ao cuidado com a saúde e o bem estar social e emocional do idoso. Afinal, quando um cuidador está ocupando seu tempo com tarefas domésticas, é inviável que ofereça, simultaneamente, atenção ao idoso.

Por estes motivos, ao se tornar ou ao contratar um cuidador de idosos, você precisa entender as atribuições da função. São elas:

Cuidados com a higiene do idoso: estes cuidados não se limitam ao banho, mas contemplam também o cuidado com a higiene oral, hidratação da pele, cuidados com as unhas, cabelos e barba.

Cuidados com a medicação: além de garantir que o idoso faça o uso correto de suas medicações, o cuidador de idosos também precisa organizar estes medicamentos para que o idoso tenha fácil acesso; gerenciar a quantidade de medicações e informar a família sobre a necessidade de compra para que nunca falte medicações; organizar a medicação e descartar, de forma correta, medicamentos vencidos para que, em hipótese alguma, o idoso faça uso de medicamento fora da validade; tenha conhecimento sobre as medicações, suas formas de administração e os riscos da interação medicamentosa.

Cuidados com a alimentação: preparar as refeições não é atividade que diz respeito à saúde, portanto, não é uma atribuição do cuidador de idosos. No que diz respeito ao cuidado com a alimentação, o cuidador tem o papel de promover a alimentação saudável do idoso, através do estímulo ao consumo de alimentos saudáveis e a ingestão de água para hidratar o corpo. Lembre-se que é fundamental o acompanhamento de um nutricionista para elaborar um plano alimentar que atenda as necessidades de cada idoso.
Bem estar do idoso: o cuidador deve promover atividades que estimulem a cognição e a motricidade fina e ampla do idoso para favorecer a sua autonomia e independência.

Estas atividades podem ser da rotina diária do idoso (dobrar roupas, estender a cama, regar a plantas, etc), jogos (cartas, tabuleiro, memória, etc), exercícios (alongamentos, ginástica, etc.) e terapêuticas (pinturas, recortes, colagens, etc.), sempre respeitando as limitações e os interesses do idoso. Lembre que exercícios físicos devem ter a orientação e supervisão de um profissional educador físico.

Acompanhamento: o profissional cuidador pode – e deve – acompanhar o idoso em atividades fora de casa também, como passeios, compras, consultas médicas e exames. Nestes casos, é recomendado que o cuidador esteja com vestimenta discreta para não constranger o idoso na rua.

Material didático

Conteúdo Digital (Atividades, Exercícios de Fixação, Vídeo-Aulas, Provas e Suporte Online)

Provas Presenciais no Polo

Autorização e Parecer

Embasamento Legal: nossos cursos têm base legal constituída pelo Decreto Presidencial nº 5.154 e nossa metodologia segue as normas do MEC através da Resolução CNE nº 04/99. Pré-requisitos: não há pré-requisitos para esse curso, sugere-se ter Ensino Médio completo (não obrigatório).

Duração Aproximada – Curso Profissional Cuidador de Idoso

Total de horas: 60 horas

Duração aproximada: 03 meses

Grade Curricular

  • Noções Básicas em Primeiros Socorros
  • Atividade Física no Envelhecimento
  • Cuidador de Idoso

Perguntas frequentes